SOBRE

DORIS GERALDI

''Nativos''

''Nativos''

Bronze - 0,60 x 0,35 m

"Aqua"

"Aqua"

Bronze - 0,60 x 0,50 m

"Daphne"

"Daphne"

Bronze - 0,71 x 0,41 m

''Medusa''

''Medusa''

Bronze - 0,45 x 0,25 m

''Cabra Cega''

''Cabra Cega''

Bronze - 0,68 x 0,27 m

''Karacol''

''Karacol''

Bronze e resina grateada - 0,20 x 0,48 m

''Equilibrio das formas''

''Equilibrio das formas''

Bronze e resina Jateada - 0,98 x 0,15 m

Ceramista e escultora, utiliza em seus trabalhos bronze, resina e mármore.

 

Trabalha o corpo humano, sobretudo o feminino e figuras mitológicas são seus temas eletivos. Procura imprimir a leveza das formas e dos movimentos nas suas obras.

 

Além de artista plástica com exposições internacionais, Doris fundou e dirige o projeto Social Eflorescer, localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O projeto atende 350 crianças, prestando atividades diversas como Ballet, Tai Chi Chuan, Kung Fú e Yoga.


Doris mostra toda sua sensibilidade não só em sua arte, mas em suas ações na Eflorescer. Crianças tem um espaço especial no coração da artista, que se dedica a transmitir os valores e benefícios de uma vida saudável e coletiva, ajudando a moldar cidadãos conscientes, responsáveis, e de bem.

 

Já participou de várias exposições no Brasil como:

- Rio de Janeiro

- São Paulo

 E no exterior:

- Miami

- Nova York

- Berlin.

Doris Geraldi. A artista em movimento.

Música. Corpo. Movimento. As mãos da artista plástica Doris Geraldi criam formas e transformam o bronze, a resina, ou a resimármore em peças leves, gestuais. Ora o corpo feminino, ora as figuras mitológicas, nascem do talento e da vontade da escultora e ceramista em mostrar ao mundo que a arte tem vida. E, viva, esta arte já foi exibida em São Paulo, Rio de Janeiro, Miami, Nova York e Berlin.

Há sete anos é assim: Doris Geraldi, autodidata nascida em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, encanta com suas obras. E com suas ações.

Da arte esculpida, para o compromisso da arte, Doris também semeia educação e cultura. No Rio de Janeiro, onde vive, criou a escola de ballet clássico Corpo Livre, que proporcionou, durante três décadas, liberdade e formação para numerosos bailarinos.

Esculpindo a arte do bem querer, desejando ajudar a população carente, fundou o Projeto Social Eflorescer. Hoje, 400 crianças e adolescentes descobrem no Tap

Ballet, Yoga, Coral, Violão, Flauta eTeatro, a magia do ser humano e do bem-estar social .