SOBRE

SIMONE CRESPI

Simone Galli Martini Crespi nasceu em São Paulo em 12 de Junho de 1972, e desde a infância se interessava por arte. Muitas vezes, aos 10 anos, caminhava cerca de alguns quilômetros para ter aulas gratuitas de pintura em veludo, trabalhos com durepox e até arte culinária.  Terminado o 2° grau era hora de decidir o futuro. Ou faculdade de artes, jornalismo ou arqueologia e comunicação social deixava na no centro de todos assuntos que apreciava. A pintura continuava em casa enquanto cuidava de sua bebê.

 

Vieram cursos em porcelana com canetado, joalheria, fotografia, óleo e acrílico sobre tela. Começaram os pedidos de restaurantes para que pintasse os pratos do festival da primavera por mais de 3 anos (restaurante In Città). Nesse tempo surgiu o interesse pelas bijoux usando sementes e material da flora brasileira (vendidos na Loja Aqualung em Ilhabela, famosa por apoiar o projeto Tamar). Paralelamente expos fotos fotos no restaurante Piola nos Jardins em SP. Curso de olaria na IACE. Curso de escultura no museu de arte moderna de SP (MAM) mas a fotografia sempre esteve presente.

 

  • Simone fotografou fazendas na Bolívia (Santa Cruz de la sierra) em 2014, alguns desfiles da loja Limelight, SPFW, e outras lojas sem tanto destaque mas que serviu de aprendizado.

  • Em 2018 participou da exibição “cadeiras assinadas” no MASP. Outras exposições no IACE de cerâmica, “São Paulo 2020” na casa de Portugal. 

  • O interesse pela aquarela retornou em 2020 e desde então Simone vem testando técnicas diferentes além do canetado, que é uma técnica interessante. 

  • O que Simone acredita é que a arte é uma forma individual de ser analisada. A descontração da arte a torna especial e única. 

  • White Google+ Icon
  • White Instagram Icon
  • Facebook B&W

All rights reserved © 2019 Brazil